Skip to content

The Good Wife 3×18: Gloves Come Off

21/03/2012

.
Na semana passada, defendi a posição de Alicia diante da possibilidade de voltar a morar na sua antiga casa, dizendo que seria como dar um passo atrás, nas próprias palavras dela. Assim, foi estranho (novamente utilizando o vocabulário proferido pela personagem) vê-la se comprometer tanto para ter seu imóvel de volta.

Alicia foi tomada pela nostalgia e pela saudade quando pisou em Highland Park de novo, um lugar tão familiar e que remete à época em que era completamente feliz. Somou-se também a pressão dos filhos, felizes com a ideia, e a vontade de retomar os tempos de outrora e temos nossa protagonista metendo os pés pelas mãos de olho na antiga mansão. Confesso que me incomodou o fato de Alicia se apegar tanto ao passado e ceder às vontades dos filhos. Temo que isso abra espaço para uma reaproximação com Peter, o que seria um recurso péssimo dos roteiristas para postergar a volta com Will.

No entanto, a situação rendeu um raro momento de dissonância entre Alicia e seus chefes, algo que, salvo engano, não ocorre desde a primeira temporada. Acho que Alicia se precipitou ao pressionar Diane daquela forma, comprometendo sua relação com os superiores e sua corrida para se tornar sócia. Diane pode tê-la apoiado agora mas com certeza a olhará com mais desconfiança daqui pra frente. Além de Will, com o qual a relação é bem mais profunda e a pessoa que, de fato, estendeu-lhe a mão quando ela mais precisava.

Interessante perceber também a escolha acertada de colocar Louis Canning como aquele que quase arrastou Alicia para o lado negro da força. Ele sempre assediou a advogada de todas as formas possíveis, e dessa vez, encontrou a moça num momento particularmente frágil. E se Michael J. Fox não teve material pra nada muito notável, sua presença foi fundamental.

No meio de tudo, Diane encontrou tempo para testemunhar em favor do oficial de justiça, com segundas intenções, e ao ser dispensada por ele, fez como quase todo mundo faria: foi atrás de um antigo affair. Só não esperava que o encontro pudesse reacender a atração entre os dois e que o outro continuasse disponível. Assim, ela pode continuar tranquilamente cozinhando os dois pretendentes ao mesmo tempo.

Por fim, veio uma possível reaproximação entre Kalinda e Alicia. Já era lindo ver a forma protetora como a investigadora via a outra ao longo da temporada, algo que permitiu pitadas de momentos de gratidão e cumplicidade entre as duas, como na ocasião do desaparecimento de Grace. Agora, ficou nítida mais uma vez a química das personagens e nós, espectadores, ficamos com mais vontade ainda de vê-las amigas novamente. Além disso, notei também que a reaproximação veio justamente no capítulo em que Alicia se vê mais afastada da firma, ou seja, daqueles que a apoiaram e sente culpa por isso. Roteiro redondo é assim!
.

Também poderá gostar de:
The Good Wife 3×17: Long Way Home
The Good Wife 3×16: After the Fall
The Good Wife 3×15: Live from Damascus

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: