Skip to content

Palpites e alguns favoritos para os Globos de Ouro 2012

14/01/2012

No próximo domingo, 15 de janeiro, acontece a cerimônia de entrega dos Globos de Ouro, prêmio concedido pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) ao que teve de melhor na TV e no Cinema. Este ano, as escolhas para as séries foi pra lá de controversa principalmente nas categorias de comédia, onde a lambança foi quase total. Já com os filmes, ficou diícil julgar com propriedade porque alguns ainda não foram assistidos e seuqer lançados no país, mas os indicados seguiram basicamente ao que vinha acontecendo nas demais premiações. A lista completa você vê aqui.

  • Melhor filme – drama: Não assisti a quatro dos concorrentes, mas as últimas previsões dizem que Os Descendentes vêm ganhando força na categoria. Não me surpreenderia se Histórias Cruzadas levasse.
  • Melhor atriz – drama: Viola Davis acabou de levar o Critics Choice, mas a força de Meryl Streep é inquestionável. Só assisti ao trabalho de Tilda Swinton em Precisamos Falar Sobre Kevin e é arrebatador.
  • Melhor ator – drama: George Clooney por Os Descendentes disparou como favorito deixando seu principal oponente, o amigo Brad Pitt por O Homem Que Virou o Jogo, comendo poeira. Se não vencer, será uma surpresa.
  • Melhor filme – comédia/musical: The Artist é o grande favorito, tendo levado dezenas de prêmios da crítica, mas por aqui, nem distribuidor o filme tem. Meia-Noite em Paris corre por fora.
  • Melhor atriz – comédia/musical: Michelle Williams, com seu retrato de Marilyn Monroe, está na liderança. Mas talvez a associação não queria deixar as madrinhas de casamento de mãos abanando e premie Kristen Wiig, o que não seria injusto de forma alguma.
  • Melhor ator – comédia/musical: Jean Dujardin dispara na frente junto com The Artist, até porque, convenhamos, os concorrentes não são tão fortes assim.
    .
    .
  • Melhor atriz coadjuvante: Fico na dúvida entre Octavia Spencer e Jessica Chastain, ambas por Histórias Cruzadas. Talvez a segunda tenha mais chances por ter apresentado ótimas performances em vários filmes neste ano.
  • Melhor ator coadjuvante: A disputa fica entre Christopher Plummer, por Toda Forma de Amor e Albert Brooks, por Drive, com uma pequena vantagem para o primeiro, um ator super veterano e que nunca ganhou nada. Não vi os demais, mas o trabalho de Plummer não me impressionou.
  • Melhor diretor: Acredito que Michel Hazanavicius teve o trabalho mais difícil ao filmar apenas com recursos da era do cinema mudo. Talvez realmente mereça o prêmio, além de ser o favorito. Alexander Payne, por Os Descendentes e, claro, Martin Scorsese, por Hugo, podem surpreender.
  • Melhor roteiro: A associação já delcarou sua admiração por Alexander Payne em outras ocasiões, mas talvez queiram dar um pêmio de consolação a Woody Allen por Meia-Noite em Paris, cujo roteiro é, de fato, seu melhor aspecto.
  • Melhor animação: Mesmo prejudicado pela estreia longíngua, acredito que Rango seja o favorito aqui. Num ano fraco para filmes desse tipo, as peculiaridades de Rango podem prevalecer. Talvez os votantes queiram fazer média com Spielberg e premiar TinTim, que estreou há pouco e pode, por isso, ser mais lembrado.
  • Melhor filme estrangeiro: O iraniano A Separação lidera com força as premiações. Fica até difícil apontar quem poderia tirar o prêmio. Quem sabe Almodóvar se mostre influente e consiga levar por A Pele Que Habito?
  • Melhor trilha sonora: O trabalho de Ludovic Bource está sendo bastante elogiado e desempenha papel fundamental em The Artist, já que o filme não possui diálogos.
  • Melhor canção original: Não sei quem leva, mas parece que a de Histórias Cruzadas, cantada por Mary J. Blige, é a mais cotada.
    ..
    TELEVISÃO
  • Melhor série – drama: Sem a concorrência com Mad Men, é certo que a vitória será novamente de Boardwalk Empire, uma série bem ao gosto de votantes que quase só veem filmes. Preferia Game of Thrones ou Homeland. E cadê Breaking Bad e The Good Wife por aqui?
  • Melhor atriz – drama: Difícil aceitar que Madeleine Stowe esteja concorrendo aqui. Acho que Julianna Margulies, por The Good Wife, leva de novo. Apesar de todo o meu amor pela boa esposa, torço por Claire Danes, que encontrou em Homeland o papel de sua vida.
  • Melhor ator – drama: Steve Buscemi deve ganhar novamente por Boardwalk Empire. Mas esse mundo fosse justo, o prêmio seria de Bryan Cranston, pela perfeita Breaking Bad.
  • Melhor série – comédia/musical: Essa é a categoria mais constrangedora. Ficaram de fora Community, Parks and Recreation e Louie e apareceram porcarias como New Girl e Episodes. Dessa vez, Glee anda tão fraca que nem essa associação oportunista terá coragem de premiá-la e acredito que a insossa Modern Family sairá feliz dessa.
  • Melhor atriz – comédia/musical: Não sei quem ganha, mas só da Zooey Deschanel não levar, fico satisfeito. Torço para Amy Poehler. Sua performance em Parks and Recreation é essencial e seria uma boa forma de recompensar o ótimo elenco.
  • Melhor ator – comédia/musical: O único grande ator aqui é Alec Baldwin, em 30 Rock. O restante tem performances que variam de medianas a constrangedoras e uma vitória de algum deles seria no mínimo um absurdo.
  • Melhor atriz coadjuvante: A favorita parece ser Maggie Smith, por Downton Abbey. Mas torço por Jessica Lange, que atua acertadamente acima do tom em American Horror Story e torna suas cenas imperdíveis.
  • Melhor ator coadjuvante: Torço por Peter Dinklage, muito bem em Game of Thrones. Acho que ele tem grandes chances, mas sinceramente não sei quem vence aqui.

.

Também poderá gostar de:
As melhores séries de 2011
Balanço do mundo das séries em 2011
A midseason vem aí

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: