Skip to content

Grey’s Anatomy 8×10: Suddenly

08/01/2012


Que Meredith e sua equipe nos proporcionam grandes emoções há oito temporadas não é novidade pra ninguém. Depois de tanto tempo, é admirável a capacidade que esse programa ainda tem de nos envolver, de nos deixar atônitos, de nos fazer suspirar, chorar, rir, tudo de uma só vez. Este décimo episódio foi mais ou menos assim. Emoções distintas orquestradas da melhor possível.

Pode parecer um pouco de exagero a forma como a Teddy se portou na cirurgia e até um pouco inapropriado, mas fica fácil entender quando se percebe que naquele momento ela respirava aliviada pensando que o marido estava bem e claro, isso vem com um pouco de euforia. Além de carregar a “culpa” pela morte do marido da chefe, Christina ainda foi obrigada a fazer certo teatrinho com aquele peso enorme nas costas, sobrando até pra April levar suas alfinetadas.

Interessante ver também que na hora da revelação deixaram de lado o possível mimimi que poderia vir da omissão a que Teddy foi submetida, já que isso não representa nada perto daquela notícia. Melhor ainda foi a reação da médica. Quando Christina começa a narrar o que aconteceu, é visível a mudança de expressão no rosto de Teddy, que, expert no assunto, sabia exatamente o que cada uma daquelas palavras significam. E na melhor cena do episódio, Teddy é aquela mistura de médica e parente de um falecido. Pega o prontuário com firmeza mas exita na hora de exibir o rosto do marido morto. Sem gritos e sem choros incontroláveis, Grey’s Anatomy emociona muito.

Do mesmo modo, a história da filha mais velha que perdeu os pais no dia do aniversário foi super envolvente. Imagino que a moça vai pelo resto da vida receber os parabéns com o gosto amargo da saudade. Pelo menos ela teve a sorte de ter ao lado ninguém menos que Meredith, outra que sabe como ninguém como é ter que crescer na marra.

Gostei também que todos os personagens foram de certa forma lembrados. A namorada do Mark conquistou a Lexie e a mim também. Quem nunca quis detestar alguém e não conseguiu? Arizona teve seu momento como mentora em cima do Karev e Callie resolveu ser madura e assumir a responsabilidade pelo erro de um residente. Tudo redondinho e bem escrito.

E no fim ainda tivemos a cereja do bolo. A volta de Zola funcionou como uma redenção para aquilo tudo que acabamos de presenciar, acenando que dias melhores virão para os novos pais e para o Seatlle Grace.
.

Também poderá gostar de:
Grey’s Anatomy 8×09: Dark Was the Night
Grey’s Anatomy 8×07: Put Me In, Coach e 8×08: Heart-Shaped Box
Grey’s Anatomy 8×06: Love, Loss and Legacy e 8×07: Poker Face

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: