Skip to content

Filmes assistidos – novembro de 2011

11/12/2011

OS 3 (idem, Nando Olival, Brasil, 2011) — Faz um retrato divertido e interessante da juventude e da perda da intimidade. É bem atuado e tem a parte técnica bastante competente, principalmente a montagem e a fotografia. Apenas o roteiro poderia explorar mais a fundo os temas que propõe. Nota 7,0.
.

AMANHECER: PARTE 1 (Breaking Dawn: Part 1, Bill Condon, EUA, 2011) — Assim como o resto da franquia, é mal atuado, mal produzido, mal escrito e piegas. O trio principal continua insuportável e a história ganhou níveis impressionantes de sexismo. Constrangedor. Nota 2.
.

AMORES IMAGINÁRIOS (Les Amours Imaginaires, Xavier Dolan, Canadá, 2010) — A abordagem estilosa de Xavier Dolan não permite uma investigação maior acerca da personalidade dos protagonistas, mas a linguagem moderna traz um frescor ao cinema alternativo e indie que hoje vive cheio de clichês. Nota 6.
.

A CHAVE DE SARAH (Elle s’appelait Sarah, Gilles Paquet-Brenner, França, 2010) — Começa muito bem, alternando duas linhas narrativas ligadas por uma casa. Fica interessante quando passamos a compartilhar a curiosidade da protagonista mas logo descamba para um melodrama sem propósito e o final parece um tapa-buraco enquanto não sabiam como terminar a história. Nota 5,5.
.

CONTA COMIGO (Stand by Me, Rob Reiner, EUA, 1986) — Trata-se de um longa sobre amizade dos mais inspiradores. Um road movie engraçado, tenro e com momentos de descoberta dos 4 protagonistas. Difícil não se envolver com lembranças tão fortes. Nota 8,5.
.

CONTATO (Contact, Robert Zemeckis, EUA, 1997) — É um brilhante ensaio sobre a questão fé x ciência e meobra claramente esteja no segundo lado, trata a religião com enorme respeito e consideração ao transformar a cientista vivida por Jodie Foster numa espécie de profeta. Nota 9.
.

ERA UMA VEZ NO OESTE (C’Era una Volta il West, Sergio Leone, Itália, 1968) — Tem uma exuberância técnica e visual de cair o queixo, a trilha do Ennio Morricone é clássica e as atuações competentes. Mas a montagem é lenta, a história demora a acontecer, tornando o filme longo para uma trama curta. Nota 5.
.

OS ESPECIALISTAS (Killer Elite, Gary McKendry, EUA/Austrália, 2011) — É um filme de ação ruim, dirigido e roteirizado com amadorismo, montagem equivocada, péssimos diálogos, onde Clive Owen e principalmente Robert De Niro pagam o mico de suas vidas. Nota 2. (texto completo)
..
ONDE VIVEM OS MONSTROS
(Where the Wild Things Are, Spike Jonze, EUA, 2009) — Poderia facilmente ser um curta, mas o clima de fantasia e os efeitos são tão envolventes que compensam um pouco a falta de história. E o final emociona qualquer um, embalado por uma belíssima trilha. Nota 7,5.
.

PEIXE GRANDE (Big Fish, Tim Burton, EUA, 2003) — O tom de fábula é adorável, a ambientação é rica e fascinante e o desfecho é tocante por resgatar a ingenuidade que falta às histórias contadas nos dias de hoje. Nota 7,5.
.

A PELE QUE HABITO (La Piel Que Habito, Pedro Almodóvar, Espanha, 2011) — Parece um suspense, mas na verdade é um drama no qual quanto menos se sabe, melhor. É um Almodóvar diferente mas traz algumas marcas do diretor, numa trama que possui o peso do passado, a ciência é usada apenas como metáfora e a maioria dos personagens sentem-se de alguma forma aprisionados. Nota 8,5.
.

O PREÇO DO AMANHÃ (In Time, Andrew Niccol, EUA, 2011) — A premissa envolvendo um futuro quando o tempo vale literalmente dinheiro é magnifíca e dá força ao filme, mesmo que a metáfora seja óbvia de mais. Pena que o desenvolvimento seja decepcionanate e torne este um filme de ação fraco, com visual sem personalidade e atuações nada inspiradas. Nota 6. (texto completo)
.

Também poderá gostar de:
Filmes assistidos – outubro de 2011
Filmes assistidos – setembro de 2011
Filmes assistidos – agosto de 2011

4 Comentários leave one →
  1. 11/12/2011 22:09

    CARAMBA LIQUIDOU COM O AMANHECER… HSUAHSHEUA

  2. 25/12/2011 21:50

    O 3D volta aos seus primórdios, já que foi criado como um macete para atrair fãs de filmes trashpara o cinema, e apenas torna o longa mais divertido.

Trackbacks

  1. Filmes assistidos – dezembro de 2011 « Melhores Coisas
  2. Filmes assistidos – fevereiro de 2012 « Melhores Coisas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: