Skip to content

Grey’s Anatomy 8×05: Love, Loss and Legacy e 8×06: Poker Face

23/10/2011

**CONTÉM SPOILERS**


Shonda e cia. continuam fazendo episódios bons nesta oitava temporada mas que ainda não trazem nada muito marcante e relevante, ou seja, precisam do plus que a série apresentava de vez em quando.

No capítulo 5, tivemos a ilustre presença da mãe do Avery, uma ótima personagem porém um pouco forçada para ser engraçadinha. Foi bom pra dar uma movimentada no Seattle Grace e acirrar a disputa entre os residentes. A April novamente ganhou um grande destaque e isso me faz perguntar novamente: até quando ela vai ter que ficar tomando lições de como ser residente-chefe? Ou então mostrar o quanto é aplicada mas tem zero de vocação para liderar? Entendo muito como os demais não conseguem respeitá-la já que ela sempre parece uma interna do primeiro ano.

Foi no mínimo anti-ético a mãe escolher o próprio filho para fazer uma cirurgia e bastante compreensível a revolta ao saber que o Jackson largou a neurologia com o Derek pela plástica com o Sloan. Mas qualquer cena que traz o Mark e o Avery não me anima nem um pouco, ainda mais quando a questão já havia sido explorada no capítulo anterior.

A disputa também mostrou o Karev abandonando tudo para salvar a Zola e querendo sempre dizer a verdade e ser fiel a Meredith depois da cagada que fez na temporada passada. Ainda não entendi porque o fato do casal adotivo saber que a menina estava doente poderia prejudicar a adoção. Parece que inventaram isso só pra causar alguma tensão. Mesmo assim, foi bonito ver que a doença pode aproximar o casal pela dor. Ao mesmo tempo, tivemos a cena mais bonita do episódio: Christina bancando a mãe da Zola e Owen olhando tudo feliz e triste ao mesmo tempo.

Isso nos leva, então, ao episódio 5, quando o casal mascara os problemas conjugais com sexo. Ainda me pergunto se eles precisam mesmo conversar ou se o tempo será capaz de apagar a tensão que há ali. A posição de cada um ficou clara logo no início e a mágoa permanece conversando ou não. Não concordo com Christina de querer fazer sexo o tempo todo, mas não sei se a DR é algo realmente importante. Até o Owen já embarcou nos planos da esposa.

Foi engraçado ver a Meredith com o avental rosa e sofrendo bullying do restante dos cirurgiões. Essa história da Lexie não servir pro Derek (fiquei com pena da Little Grey sendo maltratada) é só para mostrar que uma hora ou outra, a Meredith vai voltar  a trabalhar com o marido, provavelmente quando a guarda da Zola for obtida. Queria que Grey’s me surpreendesse com algum reviravolta, com um caso mais forte, com um paciente-metáfora de dar nó na garganta.

A April falando grosso e ameaçando os outros com casos intestinais e com o E.R. de madrugada foi divertido, bem como o chefe flagrando o sexo alheio. E ainda teve a Callie falando da Christina como se fosse ela mesma (é impressão minha ou a Yang serviu de metáfora pra Callie?), que foi muito engraçado. Mas ainda falta o algo a mais que eu citei acima. Espero que ele venha em breve.
.

Também poderá gostar de:
Grey’s Anatomy 8×04: What Is It About Men?
Grey’s Anatomy 8×03: Take the Lead
Grey’s Anatomy 8×01: Free Falling e 8×02: She’s Gone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: