Skip to content

Grey’s Anatomy 8×01: Free Falling e 8×02: She’s Gone

28/09/2011

**CONTÉM SPOILERS**


Apesar de seus momentos emocionantes, principalmente os finais, da sua história sempre bem contada e das ótimas atuações, faltou um pouco de tempero a essa premiére de Grey’s Anatomy.

Meredith e seu drama familiar e profissional tomaram um rumo ligeiramente inesperado. Acho que a maioria pensava que ela tinha sido somente suspensa do emprego como punição e não que ainda tivesse de enfrentar uma possível demissão. Apesar de saber que Grey seria eventualmente admitida, não esperava por esse tipo de atitude do chefe. Foi uma forma inteligente e até plausível de concluir o assunto.

Chief se destacou também na forma como passou a pesquisa para Bailey (mais uma ótima sacada do roteiro) e quando disse ao Derek que todos ali estavam tentando ajudar Meredith enquanto ele parecia só querer se vingar e assistir a esposa se afundar, sem pensar nas consequências daquilo para a adoção de Zola. Ver o Dr. Shepherd frio daquela forma foi algo que me incomodou muito e espero que isso mude um pouco daqui pra frente.

Imagino como deve ter sido pro Karev lidar com o julgamento e o peso na consciência crescendo à medida que a vida de Meredith ia se complicando cada vez mais por causa dele. Mas Grey está cada vez mais madura e resignada, é capaz de perdoar (ou superar) com bem menos drama que antigamente e sabe também a hora que precisa de ajuda, como mostrou a bonita cena em que Alex ampara sua (ex) rival. Repare como ela não chora em nenhum momento mas sua fragilidade fica evidente na forma trôpega com que anda na cena final.

Foi emocionante a breve explosão que Christina teve ao se dar conta de que Owen estava finalmente tentando aceitar sua decisão. Gostei também do paralelo que Meredith traçou entre Yang e sua mãe e conseguiu entender a amiga apesar do enorme ressentimento que sente daquela que a criou como se fosse um fardo enorme. Só achei que Owen superou tudo rápido de mais. Num capítulo ele expulsa e esposa de casa e no seguinte, depois de uma conversinha, já ficou tudo bem.

Os demais personagens não tiveram grande relevância. O trio Callie-Arizona-Mark como alívio cômico já cansou e está perdido. A história do “Gunther” foi interessante mas me pareceu subaproveitada, principalmente quando o Avery acabou levando o título. Shonda e cia. insistem em querer nos mostrar que ele e April estão a altura dos demais, mas nunca conseguem. O mesmo pode ser dito de Teddy, com uma story line sempre pouco envolvente. Desejo melhor sorte pra eles na próxima.
.

Também poderá gostar de:
Grey’s Anatomy 7×22: Unaccompanied Minor
Grey’s Anatomy 7×21: I Will Survive
Grey’s Anatomy 7×20: White Wedding

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: