Skip to content

Breaking Bad 4×09: Bug e 4×10: Salud

20/09/2011

**CONTÉM SPOILERS**


Em seus dois episódios mais recentes, Breaking Bad foi de um certo marasmo narrativo a um final que poe a temporada num clima de imprevisibilidade no mínimo fascinante.

Walt foi um pouco jogado pra escanteio, já que Jesse parece ser aquele que mais se desenvolve nesse quarto ano. Com depressão, pressionado pelo parceiro a cometer mais um assassinato (e repetir aquele que foi o estopim de seu estado depressivo), Jesse respondeu com sucesso ao plano de Gus para tirá-lo do fundo do poço e foi além. Cansado de ser marionete de um cara que não o ajuda em nada e que só sabe cobrar e controlá-lo ao ponto de colocar um rastreador em seu carro, Jesse foi sendo instigado pela responsabilidade que o chefe depositou nele. Mesmo com o medo justificado na hora de confrontar o cartel mexicano, ele percebeu que era hora de mostrar confiança e superioridade, algo em parte encenado e parte oriundo de um orgulho há muito enterrado pelos meses sendo diminuído pelos seus “superiores”.

Se antes Gus precisava armar situações para que seu funcionário se sentisse útil, logo percebeu que muito mais poderia vir dalí, com a confiança completamente depositada ao enviá-lo ao México e que ficou clara na fala do Mike dando a certeza de que ninguém seria deixado pra trás. A verdade é que agora Jesse é mesmo o cara que Gus queria ver. Ele pode ser o “herói” que pensou ser quando houve o tiroteio durante as retiradas de dinheiro, tem a possibilidade de matar Gus e Mike, acabando de vez com o problema, ou pode se tornar uma espécie de “novo Mike” se este vir a morrer.

São tantas as possibilidades, aumentadas ainda pelo fato de Walt ainda estar em posição contrária (mesmo que arrependido) e do Hank continuar com a sua obsessão de provar que o Gus é mesmo um traficante de metanfetamina. Acredito que a série nunca esteve tão aberta a possibilidades e por isso, estou desde já rezando pra poder ver o próximo.
.

Também poderá gostar de:
Breaking Bad 4×08: Hermanos
Breaking Bad 4×07: Problem Dog
Breaking Bad 4×06: Cornered

 

5 Comentários leave one →
  1. 20/09/2011 23:49

    Não achei que o 9 teve marasmo narrativo, o que foi aquela briga no final?

    Ms o 10 foi foda MESMO, um dos melhores da série.

  2. 26/09/2011 12:56

    A série nunca esteve tão boa, diria. Em todas as temporadas, BB tinha uma seqüência de três ou quatro episódios no meio da temporada que faziam valer toda a temporada, mas nessa já contam pelo menos seis episódios fantásticos consecutivos. Bryan Cranston é monstro e todo mundo sabe disso, mas, como você disse, Jesse vem se desenvolvendo tanto que não há como não dizer que Aaron Paul é o que há de melhor nessa temporada.

    Abraço.

Trackbacks

  1. A fall season vem aí – parte 2 « Melhores Coisas
  2. Breaking Bad 4×11: Crawl Space e 4×12: End Times « Melhores Coisas
  3. Breaking Bad 4×13: Face Off « Melhores Coisas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: