Skip to content

Rookie Blue 2×10: Best Laid Plans e 2×11: A Little Faith

07/09/2011

**CONTÉM SPOILERS**


Próximo ao seu fim de temporada, Rookie Blue tem dois episódios ótimos e que se completam de forma bastante interessante.

Em Best Lais Plans, tivemos o início dessa que é a grande inovação da temporada: o verdadeiro envolvimento de Sam e Andy, algo que andava em banho-maria, principalmente depois da separação dolorosa pela qual a moça passou. A forma como tudo acontecei foi bastante envolvente, com a utilização dos flashbacks para mostrar o envolvimento de Andy com a moça acidentada e o quanto isso seria importante para que McNally tomasse a decisão de parar com seus planos de longo prazo e se entregasse de vez.

Claro que foi bem pouco sutil, mas é verdade que esse tipo de coisa acontece, quando é preciso que algo ou alguém que aparentemente nada tem a ver com as nossas vidas nos mostre o caminho. Um verdadeiro wake up call. E quando tudo parecia caminhar por um rumo cômodo dos desentendimentos amorosos, com o casal se reencontrando só no season finale, o episódio seguinte já trouxe os dois se esbarrando numa situação bem mais pitoresca e interessante do que seria a usual. É verdade que foi bem mais difícil, mas o encontro dos dois, temperado com os personagens que criaram para seus disfarces, transitando numa linha tênue entre o perigo e a excitação, além do fato de não poderem ficar juntos por um tempo, deu um sabor todo especial na coisa toda. E a cena de sexo só não foi mais explosiva e caliente porque falta ousadia e sobra caretice na produção de Rookie Blue.

Por outro lado, o triângulo amoroso tomou um rumo menos empolgante que aquele para o qual acenava anteriormente. A revelação de Gail do que ocorreu no carro foi feita praticamente sem nenhuma emoção e até de forma um pouco súbita. Poderiam ter explorado o clima entre eles e com mais sutileza, sem fazer a moça dizer coisas como “eu gosto dos pequenos porque eles são o futuro” só para evitar dividir o carro com o Dov. Fiquei um pouco sem entender porque ela implorou tanto pra poder ser aceita novamente pelo namorado. A relação entre eles não é tão forte assim e o interesse dela por Epstein já estava pra lá de visível.

Além disso, nem combina com a personagem ficar se arrastando tanto por alguém, bem como não emociona e não convence quase nenhuma cena em que o Chris aparece perturbado e preocupado. Vê-lo fazendo carinha trsite e bancando o bonzinho servindo sopa pros mendigos não ornou.
.

Também poderá gostar de:
Rookie Blue 2×08: Monster e 2×09: Brotherhood

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: