Skip to content

Comentários em série

22/08/2011

**CONTÉM SPOILERS**

.

The Big C 2×07: e 2×08: The Last Thanksgiving

Primeiro, preciso dizer que me diverti muito ao ver a Cathy e o Paul descobrindo os prazeres de sair à noite justamente em um bear bar, como eles mesmos se referiram ao lugar. Claro que algumas cenas caíram um pouco no pastelão, como Paul sendo acudido pelo cara, mas no geral, foi bem divertido. E quem diria que o amigo budista de Cathy era fã desses lugares e principalmente dos panda bears? Pena que o personagem parece ter sido incluído na história somente para ser aquele colega com câncer que morre da doença e a série poder mandar a mensagem que o câncer mata, sim. A reação super exagerada na mesa (mas OK porque ele  está super doente e ainda tem os efeitos colaterais) na verdade desviou a atenção de quem realmente estava passando mal. Ele não morreu, ainda. Mas alguém duvida de que isso acontecerá em breve. Talvez eles posterguem por causa da situação da Rebecca. E ainda teve o Paul fazendo besteira de aceitar e participar dos roubos do russo namorado da Andrea. O garoto é gente boa mas o romance ainda parece artificial e ela bem que merecia alguém melhor.

.

.

Louie 2×08: Come on, God e 2×09: Eddie

Louie começou seu oitavo episódio com uma daquelas pérolas geniais que a gente só vê aqui: um talk show com um debate acerca da legitimidade da masturbação. De um lado, uma cristã pertencente a um grupo radicalmente contra e de outro, Louie C. K., praticante assumido e ferrenho defensor da prática, como o próprio mesmo se define. Só que Louie toma verdadeiras bordoadas de sua adversária, capaz de desafiá-lo acerca da felicidade que a mastrubação lhe traz. Porque Louie sempre se coloca em desvantagem e a moça foi capaz de deixá-lo calado não só dessa vez mas também no final, quando seu discurso é por um momento contundente ao ponto de pelo menos levantar a discussão. Ela só não esperava aumentar ainda mais a fantasia, já que, como o próprioLouie diz, um homem não consegue ter um pensamento bom a respeito de uma mulher sem que um segundo depois esteja pensando nas coisas mais nojentas possíveis. Já em Eddie, Louie reencontra um antigo amigo que traz lembranças do seu início de carreira. Aposto que os questionamentos a repseito de viver no mainstream passam realmente pela cabeça de Louis C. K. E mesmo com o foco desviado para a situação deplorável e triste em que Eddie se encontra, foi isso que ficou na memória.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: