Skip to content

Comentários em série

16/08/2011

**CONTÉM SPOILERS**

.

Rookie Blue 2×07: The One That Got Away

Tirando a figura caricata do serial killer metódico que confessa todos os seus crimes no final, este foi mais um episódio bom de Rookie Blue. Focando na Andy, como sempre, já começou mostrando como ela é uma mulher decente e prefere inventar uma história a criar um climão no ambiente de trabalho, tanto para ela, quanto para Luke. Mas é claro que as mágoas afloram nos momentos de tensão, deixando evidente o ressentimento entre os três. O caso da semana se desenvolveu como um bom mistério, já que não era possível saber o que iria acontecer. Nesse ponto, a montagem foi extremamente eficiente, principamente quando Andy mexia no depósito ao mesmo tempo em que o vizinho era preso. O restante foi praticamente jogado pra escanteio. Gail e Dov trapalhando juntos de novo (alguém manda o Chris sumir!), Traci e Jerry num único momento fofo e Sam preocupando com a felicidade de Andy ao mesmo tempo em que vê uma porta se abrindo.

.

.

Louie 2×06: Subway/Pamela  e 2×07: Oh Louie/Tickets

Quem diria que Louie poderia ter momentos fofos? Louis C. K. não fugiu nem um pouco do tom frio e realista de sua série e mesmo assim consegui trazer algo romântico no capítulo 6. A linda declaração que ele fez a Pamela certamente mexeria com qualquer um, assim como mexeu com ela, ainda que inconscientemente. Porque as pessoas são complexas e muitas vezes falam e agem de uma forma mas no fundo pensam de outra.  E o timing é extremamente importante. Foi isso que Louie negligenciou ao perder os sinais de que Pamela o desejava, pelo menos naquela hora. Por um breve momento, pensei que ele fosse ligar e os dois se reencontrarem no hall, terminando o episódio flertando com as comédias românticas. Mas Louie é uma série cru e o timing citado acima falou mais alto. Isso nos leva, então, ao capítulo 7, em que Louis C. K. fala, até de forma metalinguística sobre a besteira de se romantizar as relações. O comediante provavelmente se inspirou na dificuldade que teve de conseguir produzir um programa como esse, fugindo das sitcoms clássicas. Louie abordou também outra situação real ao trazer Dane Cook para discutir se este plagiava ou não suas piadas. Só que Louie sempre se coloca em posição vulnerável e desta vez, aparece pedindo um ingresso para a filha. Daí, foi mais uma situação deliciosa em que ficção e realidade se confundem, deixando-nos intrigados e ao mesmo tempo, fascinados.

2 Comentários leave one →
  1. cleber eldridge permalink
    17/08/2011 12:26

    Eu não acompanho nenhuma das duas séries, alias, ‘Louie’ eu até consegui assistir o ‘Pilot’, mas … deixei de lado, ‘Rookie Blue’ não me desprtou curiosidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: