Skip to content

True Blood 4×02: You Smell Like Dinner

30/06/2011

**CONTÉM SPOILERS**


Quando eu disse no episódio anterior que a trama sobre magia negra poderia ser interessante, não esperava mesmo que viesse a ser a melhor coisa já neste segundo episódio, que foi no geral bem superior ao anterior.

Por ser um terreno desconhecido pra muita gente, o tema de wicca, bruxas etc. acaba se tornando mais curioso e abre dezenas de possibilidades imprevisíveis. Os roteiristas acertaram também ao juntar a história com a trama dos vampiros, que provavelmente temem as bruxas por elas promoverem rituais de ressurreição, algo que vai de encontro à natureza de uma espécie que está… morta. Não sei se foi bem isso que aconteceu ao Eric, mas creio que tenha sido algo bastante próximo.

O mais irônico foi que, ao mandar seu rival resolver o problema com as bruxas, Bill acabou empurrando-o ainda mais para Sookie, já que esta com certeza se compadecerá com a situação frágil em que o ex-vampiro se encontra. Ficamos sabendo também como o Bill infiltrou-se na monarquia dos vampiros no intuito de ajudar a prepará-los para o surgimento do sangue sintético e acabou ele mesmo roubando o título para si. Apesar de fazer sentido, fica impossível não sentir pela morte da Sophie Anne, com certeza uma personagem bem mais interessante e carismática do que o próprio Bill.

Sam e o seu grupo de auto-ajuda, como ele mesmo disse, ficaram um pouco mais promissores, principalmente no momento em que a mulher (mais uma personagem estranha e misteriosa) fala sobre transformar-se numa pessoa se matar alguém. Só não entendi porque interromperam tudo pra mostrar a perseguição tosca das corujas seguida pela conversa pseudo-sentimental entre os irmãos. Sam fica muito melhor sem a sua família mala.

Enquanto isso, o Jason continua numa trama arrastada e desinteressante com a chata da Crystal tentando transformá-lo em pantera e eu, sinceramente, não me importo muito. Está ficando repetitivo também ver a Arlene encanada achando que o filho é assassino. Parece que ainda estamos assistindo a temporada passada.

Por fim, teve a Jessica brincando com fogo e querendo algo a mais do que uma relação com uma humano caipira. Vai ser uma tristeza ver esse casal se separar. E por favor, aranjem uma história pra Pam, ela é legal demais pra ficar só fazendo figuração de luxo!
.

Também poderá gostar de:
True Blood 4×01: She’s Not There
True Blood 3×12: Evil Is Going On
True Blood 3×11: Fresh Blood

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: