Skip to content

Love Bites 1×01: Firsts

08/06/2011

.
Texto publicado originalmente no site Motim
.
Confesso que não morri de rir ao longo desse piloto e não me lembro de nenhuma grande piada, mas putz, como Love Bites é legal! O segredo aqui foi combinar histórias não muito originais, mas contadas de forma bastante carismática e irreverente.

Tive a impressão de que a série tenta discutir o modo equivocado como as pessoas lidam com a relação homem e mulher, mostrando que não há certezas na hora de uma aproximação e nem certo ou errado.

Nem os casais de Love Bites parecem realmente se conhecer, ou seja, muitas vezes subestimam ou superestimam seus parceiros. Tudo de forma leve, divertida, e bastante oportuna para nós, brasileiros, por estarmos na semana do Dia dos Namorados. E por tratar de relacionamentos, a série permite certa identificação por parte do telespectador, principalmente quando traz personagens que, embora inseguros e ansiosos, obtém sucesso quando se mostram como realmente são.

No piloto, foram apresentadas três histórias, cuja ligação é apenas de personagens coadjuvantes. Na primeira, a melhor de todas, temos Ann, que está sendo barriga de aluguel para o próprio irmão, mas não deixa que isso a impeça de curtir a noite. Sua melhor amiga, a ótima Kristen Ritter se irrita com a atenção que Ann recebe dos homens ao contar sua história cativante, e decide inventar um detalhe sobre sua vida para torná-la mais interessante. Aqui, ainda teve a melhor menção a Battlestar Galactica que já vi.

A segunda, talvez a menos interessante, traz um homem que acaba de ser demitido e descobre que a esposa usa um vibrador para chegar ao orgasmo, obrigando-o a se esforçar para concorrer com o brinquedinho milagroso. A química entre o casal funciona, mas o coadjuvante vivido pelo Steve Howey, o Kevin de Shameless US, rouba a cena, inclusive o final.

E a terceira, a mais surpreendente, gira em torno de Judd e Coleen, um desses casais americanos que fazem lista de 5 celebridades com quem o sexo não seria traição. Só que ele finalmente encontra seu número 1, Jennifer Love Hewitt fazendo o papel dela mesma, e precisa lidar com a situação até então surreal. A forma como a história se desenvolve é muito divertida e é legal ver Hewitt fazendo piada com a própria vida. O único porém fica com o melhor amigo do protagonista, inserido para ser o coadjuvante engraçado, mas que só desvia a atenção de uma trama mais interessante.

Parece que Love Bites trará a cada capítulo dezenas de convidados que estrelarão histórias novas mas que estarão sempre ligadas a três personagens principais sobre um tema em comum. Se por um lado isso significa uma menor aproximação com o telespectador, por outro, traz uma proposta inusitada para uma série de comédia. E em meio a tantas séries repetitivas e pilotos sem graça, só me resta torcer para que funcione. Potencial não falta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: