Skip to content

8 dicas para Modern Family não se tornar uma série chata

05/06/2011

.
Texto publicado originalmente no site Motim
.
Acho que a grande maioria concorda que Modern Family não é mais a mesma. A comédia que foi o grande hit na temporada passada, quando ganhou o Emmy e mais um monte de prêmios, agora se tornou apenas mais um bom passatempo que possui grandes momentos apenas de forma pontual.

Isso tudo é culpa do formato extremamente rígido que a série encontrou para contar suas histórias, como se a graça pudesse vir apenas da interação dentro dos três núcleos e de vez em quando, uma pequena troca ou união entre eles. E o máximo que os roteiristas fizeram até agora para fugir disso foi levar o elenco para o Havaí no fim do primeiro ano, algo que com certeza trouxe um certo frescor e tirou a série do marasmo. Comparada a Community, uma série super inovadora, Modern Family é a comédia mais tradicional que pode existir.

Além disso, parece que já perceberam aquilo que funciona para cada um dos personagens (todos muito bons e representados por grande atores) e resolveram se manter a isso até esgotar completamente a graça que havia ali. Assim, tomei para mim a pretensão de escrever uma lista com o que ficou sem graça e como pode melhorar. E que Steven Levitan e Christopher Lloyd leiam isso aqui!

1. Gloria era a melhor personagem, só que suas histórias ficaram limitadas a diferenças culturais com o marido e o restante da família. Talvez ela devesse arranjar um emprego ou ter um conflito com o Jay.

2. Entre as crianças, Manny perdeu o posto de mais engraçado para Luke, já que sua figura de galã latino juvenil e pseudo-superdotado se esgotou. Podiam desenvolver o personagem e trazer uma mudança num high school da vida.

3. Jay nunca foi muito engraçado e por isso sou indiferente ao futuro dele.

4. Cameron e Mitchell é o caso mais crítico. O primeiro era MUITO divertido, mas se tornou uma caricatura ruim de um gay afetado e reclamão. O segundo só pôde se tornar aquele que sofre com os exageros do marido. E agora com a decisão de adotar outra criança, temo que se repitam as piadas sobre os dois serem gays e pais de um bebê. Torço para que façam diferente.

5. Luke ainda é a melhor criança, mas sua figura de jovem estranho também já se tornou repetitiva. Acho que a tendência é ele perder a graça conforme for crescendo.

6. Haley e Alex já apresentaram uma mudança, com a primeira demonstrando um certo amadurecimento e saindo do estereótipo da aborrescente e a segunda indo pro high school não querendo mais ser odiada na própria escola. Foi um ótimo caminho.

7. Claire ficou marcada como a chefe de família neurótica e control freak. Seus bons momentos surgem quase exclusivamente com o marido. O que nos leva ao último ítem.

8. Phil deve ficar exatamente igual porque ele salvou vários episódios e o Ty Burrell PRECISA levar o Emmy.

E você? Aonde acha que a série pode melhorar? Ou ela tá perfeita assim mesmo? Dê a sua dica!

5 Comentários leave one →
  1. Carol permalink
    06/06/2011 17:20

    Concordo com tudo, menos com a última dica.
    Acho o Phil MUITO MUITO MUITO CHATO! hahahaha!

  2. 08/06/2011 13:24

    Crianças crescendo = o fim da graça.

    Se bem que tem como revertes isso ae.

Trackbacks

  1. Emmy 2011: palpites e favoritos « Melhores Coisas
  2. Balanço do mundo das séries em 2011 « Melhores Coisas
  3. Palpites e alguns favoritos para os Globos de Ouro 2012 « Melhores Coisas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: