Skip to content

Nip/Tuck: primeira temporada

30/04/2011

**CONTÉM SPOILERS**
.
Muito antes de Glee, Ryan Murphy criou esta série super bem escrita, ácida, mordaz, sem papas na língua e ao mesmo tempo com temas tocantes e personagens cheios de defeitos e por isso mesmo, críveis.

Nip/Tuck traz dois cirurgiões plásticos, Sean McNamara (Dylan Walsh) e Christian Troy (Julian McMahon), sócios de uma clínica desde que saíram da faculdade. Enquanto o primeiro vive o típico sonho americano, casado com Julia (Joely Richardson) e dois filhos, o segundo ainda vive como um adolescente, utilizando de sua sensualidade para dormir com o maior número de mulheres possível.

A diferença entre Sean e Christian é evidenciada desde o princípio. Ao mesmo tempo em que a rotina com a esposa tornou o sexo absolutamente morno e até de certa forma irrelevante para Sean, Christian é mostrado como um bon vivant que só transa com modelos e é capaz de ter qualquer uma. No entanto, o mais interessante é que apesar de serem diferentes, os dois invejam um no outro aquilo que não têm, ou seja, ambos  são insatisfeitos com suas vidas e querem um pouco a vida que o outro possui.

Sean tem um casamento fracassado com Julia e esta é infeliz como dona-de-casa, algo pelo qual culpa o marido por ter parado de trabalhar para cuidar dos filhos. Durante a temporada, o casal se separa e volta duas vezes, evidenciando o desequilíbrio da vida a dois. Sean chega a ter um caso com Megan, uma paciente que teve câncer de mama e apareceu na clínica em busca de uma prótese. A cena do suicídio assistido da personagem deve ser a mais triste da temporada.

Esse capítulo todo, aliás, é especialmente emocionante. Desde o funeral da moça até o momento em que Julia percebe que o marido estava tendo um caso com a paciente, somente pela tristeza com que ele encarava a situação. Sean estava tão abalado que não conseguiu nem esconder a verdade da esposa, ou talvez tivesse mesmo que honrar a memória da amante morta. De qualquer forma, Julia e Sean parecem fadados a terem problemas, já que ela finalmente descobriu que o pai do filho mais velho não é quem ela pensava.
..
No entanto, Christian é o personagem que percorre o arco mais interessante neste primeiro ano. De galã fútil e sem ética que usa sua profissão para atrair mulheres, o cara viu que era viciado em sexo e foi procurar um grupo de auto-ajuda, onde conheceu Gina, a futura mãe do seu quase filho. No meio do caminho, ainda conheceu Kimber, a modelo que passou a perseguí-lo e a vandalizar seu carro em busca de atenção e da resposta a sua grande pergunta: “Por que você não consegue me amar?”

É quando Christian percebe que nunca amou ninguém e o bebê com Gina desperta nele uma surpreendente vocação para pai, quando pode finalmente formar uma família. A série até chega a ensaiar uma troca de papéis no season finale, quando Sean parece perder a família e  Christian está para construir a sua. A cena em que ele faz o parto da criança e percebe que ela é negra revela que a ironia domina Nip/Tuck. E o fato de Christian querer assumir o bebê só mostra o quanto o personagem mudou.

Por fim, temos as cirurgias que, como esperado, representam um elemento essencial aqui. Sempre mostradas como se fossem verdadeiras obras de arte sendo construídas e com uma realidade absurda, as plásticas várias vezes funcionam como metáfora e estão envolvidas em situações interessantes que discutem a ética e a indústria da beleza. O primeiro e o último capítulo possuem a rima temática de envolverem o mesmo vilão, mas que no final, é passado para trás de forma sensacional, novamente, irônica. É essa característica que torna a série tão fundamental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: