Skip to content

Lights Out – 1×03: The Shot e 1×04: Bolo Punch

11/02/2011

**CONTÉM SPOILERS**

.
Nesses episódios 3 e 4, Lights Out retirou um pouco o foco do seu protagonista e deu mais espaço aos seus coadjuvantes. Se por um lado isso é bom para desenvolver um leque maior de histórias, por outro, senti uma certa falta de continuidade entre esses dois capítulos e os anteriores.

A entrada desse novo boxeador pareceu um tanto aleatória. A academia de Pops era pra ser irrelevante no cenário do boxe, mas de repente já possui um lutador candidato a brigar por título. Claro que Lights iria se prontificar a treinar o garoto e tentar ganhar um dinheiro pra sua família. Mas da forma como tudo foi mostrado, ficou bem previsível o resultado dessa luta. Ainda assim, a série continua bastante competente em diversos aspectos técnicos, principalmente na montagem. O momento final alternando as imagens no ringue, com as de Patrick comemorando seu aniversário, foi a melhor parte.

Esse terceiro episódio serviu também para mostrar mais um pouco da política por trás das disputas por títulos em Nova Jersey e como se dão as várias negociações, bem como todo o dinheiro envolvido. E é esse justamente o motivo da briga que abre o episódio 4. Ainda transtornado pela derrota, o perdedor aparece na academia para exigir sua parte do suposto lucro com a luta. Mal sabe ele que, apesar de toda a negociação, o valor foi bem abaixo do necessário e o irmão de Lights ainda apostou tudo no resultado contrário ao que ocorreu.

Ficou mais evidente a falta de carisma do ator principal e como isso prejudica a série, principalmente no momento em que Theresa descobre que a familia está falida. Eu sei que Lights é um brutamontes, mas a falta de expressividade de Holt McCallany põe em risco a qualidade das cenas em que a emoção deve falar mais alto.

Além disso, no quarto episódio ficamos sabendo que a situação financeira de toda a família Leary é péssima, já que a poupança de Pops também era administrada pelo filho mais novo e portanto, já foi toda gasta. Novamente, Patrick entra em ação para tentar salvar tudo e se mete numa luta clandestina. Assim como ocorreu na briga anterior, essa aqui também teve seu resultado previsível e dessa vez, com final feliz, ainda que temporário.

.

Também poderá gostar de:

Lights Out – 1×01: Pilot  e 1×02: Cakewalk

.

One Comment leave one →
  1. Lucas permalink
    12/02/2011 21:53

    Lights Out é uma boa série, mas falta carisma, principalmente ao protagonista, muito brucutu e o ator tbm é fraco, não dá conta de várias cenas. Mas conti nuo acompanhando.

    ótima review!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: