Skip to content

Glee – 2×08: Furt

27/11/2010

**CONTÉM SPOILERS**

O episódio dessa semana forma com o capítulo 6 uma boa dupla que mostra toda a capacidade de Glee em ser sensível e emocionar. Se os roteiros dessa série são marcados pela superficialidade e efemeridade com que abordam seus temas, sempre em detrimento de números musicais homenageando a cultura pop, é de se espantar que a história de Kurt tenha ido pelo caminho exatamente oposto.

Por isso que eu preciso novamente elogiar a forma com que Glee tem conduzido esse drama do personagem. Se antes a gente tinha se surpreendido com o beijo do Karofsky, desta vez foi ótimo ver todos se envolvendo para defender o amigo. Rachel é egoísta mas sabe tomar a iniciativa, como quando reuniu as meninas com namorados jogadores de futebol para organizar a retaliação sobre o valentão. Como sempre, Finn é o mais idiota de todos e se recusa a ajudar o meio-irmão. Foi preciso uma dura do padrasto para que ele caísse na real e pudesse, então, organizar a homenagem feita no casamento.

Falando nele, adorei a cena musical do início da cerimônia, bem como a versão de “Marry You” bastante divertida. Os discursos foram um pouco piegas, eu sei, mas a verdade é que não tem como não se emocionar com a história desse garoto que só quer ser aceito. No final, eu já estava esperando que ele fosse mesmo para a outra escola, mas ainda assim fiquei sentido. Gostei do momento em que Mercedes levanta ainda sem acreditar e conseguir falar algo, mas sua expressão claramente diz: “Como assim você vai me abandonar?” Tanto que ele nem consegue encará-la.

Outra que também teve o destaque merecido foi a Sue, que andava meio sumida nessa temporada. Sua mãe apareceu para o casamento surreal, e revelou um pouco mais da personalidade dessa treinadora, que foi abandonada sozinha com a irmã deficiente mental. Mas adorei a mãe caçadora de nazistas e aquele ensaio de casamento. Repararam no vestido da Adidas? E a Sue ainda ficou ao lado do Kurt na luta contra o bullying, ao lembrar que também era maltratada na escola por causa da irmã. Ainda assim achei a personagem boazinha demais, ela mesmo não saía pelo corredor empurrando todos os alunos que passassem na sua frente?

Com certeza foi um bom capítulo e bem acima do nível dessa temporada. Só espero que a história do Kurt não se alongue demais. Queremos vê-lo feliz ao lado de seus amigos do New Directions.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: