Skip to content

The Big C – 1×13: Taking Plunge

23/11/2010

**CONTÉM SPOILERS**

A história de Cathy Jamison é simples e trata de um dos maiores clichês dos seriados americanos. Mesmo assim, The Big C soube conquistar com seu ótimo roteiro, a interpretação de sua protagonista, e uma regularidade na qualidade como pouco temos visto por aí.

Não me lembro de uma semana sequer em que The Big C não tenha tido um episódio que possa ser classificado no mínimo como bom. Talvez por isso, e depois das emoções que presenciamos na semana passada, eu esperava um pouco mais desse season finale. Não que tenha sido ruim, longe disso, mas a expectativa pesou um pouco contra a série.

Muito interessante ver a forma como o enterro de Marlene, planejado pela própria com direito a dançarinos, raspadinha e balões, mexe com Cathy. Ao assistir aquilo, ela pensa que deve já começar a preparar o seu, por mais triste e pessimista que isso seja. Além disso, nossa protagonista fica sentida com a forma como as filhas de Marlene tratam seu espólio. É claro que Cathy está querendo proteger a memória da amiga, mas naquela revolta não teria também um medo de que seu patrimônio tenha o mesmo fim quando ela se for?

Sean teve muita sorte ao receber a casa de presente e espero que as diferenças entre ele e Rebecca, agora tão próximos de Cathy, sejam abordadas na próxima temporada. Seria interessante se Cynthia Nixon entrasse para o elenco fixo, principalmente depois da partida de Marlene, Cathy vai precisar de uma amiga.

E  finalmente tivemos a chance de vê-la fazendo um tratamento, com o apoio de Paul, personagem antes detestado por mim, mas que agora tem a minha simpatia completa. Ao mesmo tempo, Cathy também estará mais próxima de seu médico, e o pobre do marido nem imagina que ali se encontra um potencial rival. Mas é fato que esse tratamento aproximará esse triângulo amoroso.

Adam também ficou sabendo de tudo, mas idiota desde sempre, agiu como se pouco importasse. Apesar de Cathy ter feito tudo para que o filho não sofresse, é claro que ela ficou decepcionada com a reação de Adam. Mas ele precisou ver aquela garagem para poder cair na real, numa das cenas mais emocionantes da série.

No fim, o sonho de Cathy, mais a última participação de Marlene, fecharam com chave de ouro essa ótima primeira temporada. Ano que vem, nos encontramos de novo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: