Skip to content

Comentários em série

21/11/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Glee – 2.07: The Substitute

Depois de um ótimo capítulo semana passada, Glee retornou à sua zona de conforto e trouxe um episódio que segue o formato de sempre: um caso da semana com alguma ameaça bobinha e números que falam de um tema que surge do nada. No entanto, o capítulo foi bem satisfatório. Sue ganhou novamente um destaque maior ao se tornar diretora e querer demitir todo mundo. Ao mesmo tempo, Will fica doente e é substituído por outra professora com métodos bem distintos, interpretada por uma Gwyneth Paltrow apática como sempre. Algumas tiradas funcionaram, como as falas da Sue, a Holly falando da Lindsay Lohan, Brittany frustrada com a similaridade das letras “m” e “n”. A única parte realmente ruim foi a de Mercedes lutando pelas batatas da lanchonete, algo completamente inútil inserido provavelmente porque a personagem não tem função alguma senão cantar. Bem fraco também o número de ‘Chicago’ com Rachel e Holly, que na verdade foi apenas uma cópia sem graça, já que a versão e coreografia eram quase idênticas. Uma verdadeira homenagem foi o número de ‘Make ‘em Laugh’, de ‘Cantando na Chuva’, super bem montado e protagonizado pelos melhores dançarinos. Porém, o grande momento foi o final com o mash-up de ‘Umbrella’ e ‘Singin’ in the Rain’. Esse deve ter sido um dos números mais bonitos da série: coreografia, iluminação, figurino, tudo estava no lugar. Além disso, a versão juntando passado e presente ficou bem divertida.

.

.

How I Met Your Mother – 6.09: Glitter

Achei bem legal o episódio dessa semana. Como sempre, os capítulos que abordam o passado de celebridade teen da Robin divertem muito. Morri de rir com os vídeos do programa que ela fazia com sua BFF da época e gostei da forma com que eles brincaram com a dualidade das cenas ali apresentadas. Tudo depende se você é uma criança ingênua ou um marmanjo com a mente poluída. Além de mostrar aquele visual cafona característico dos anos 80 e início dos 90. O começo já foi ótimo com a obsessão de Lily pelo tema gravidez. Passei mal de rir com o grito de Robin ao assistir ao parto na banheira, mostrando que aquilo pode ser mais assustador que muito filme de terror, ou então quando Lily dá mais importância a um berço do que a um possível câncer. De qualquer forma, esse tipo de fixação é algo que incomodaria qualquer um, principalmente Robin, que não gosta de crianças. Ainda assim, seria difícil imaginar que ela fosse abandonar a amiga quando esta tivesse um filho. Gostei também do telefonema sem noção de Ted para o amigo. Numa amizade à distância, às vezes isso basta. Mas o Punchy surpreendeu o amigo e a todos nós quando resolveu bater na casa do amigo só pra fazer companhia a ele. Às vezes as verdadeiras demonstrações de afeto vêm de onde menos se espera. Adoro quando How I Met Your Mother consegue trazer boas histórias e ainda ser bastante engraçado.

2 Comentários leave one →
  1. Carol permalink
    22/11/2010 9:09

    Eu já assisti esse episódio de How I Met You Mother 2 vezes. Robin Sparkles é o que há!
    Sério! Só eu me acho parecida com a Robin?! [não fisicamente, claro]
    E a cena que ela e Lily estão assistindo a cena do parto é excelente!

    Mais uma coisa:
    Two beavers are better than one
    They’re twice the fun
    Ask anyone

    HAHAHAHA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: