Skip to content

Comentários em série

11/11/2010

**CONTÉM SPOILERS**


How I Met Your Mother – 6.08: Natural History

Mais uma vez, a história de Ted e cia. patina. Mas se não foi nada muito engraçado, pelo menos não foi um desastre total. Achei muito engraçadas as cenas de Barney e Robin querendo encostar em todos os objetos. É fato que todo mundo tem vontade de fazer algo só porque sabe que não pode. E os dois correndo pra lá e pra cá como crianças foi a melhor coisa nesse capítulo. Ainda não entendi por quê incluíram aquele drama com o pai do Barney justo nesse episódio em que as cenas dele estavam leves e nada havia sido dito em um bom tempo.  Lily e Marshall novamente sofreram com histórias bobinhas. Como assim a mulher vê o marido trabalhando por anos num banco e acha que ele vai abandonar tudo pra virar um advogado ambientalista? Ele provou que amadureceu e sabe que sua família é mais importante que um idealismo ingênuo de faculdade. Ela, por outro lado, parece que não cresceu e briga com o marido por ele querer o melhor para a esposa e para o filho que está por vir. Achei meio ridícula a cena em que a Lily fala com o Marshall do passado, e por incrível que pareça, até ele é mais sensato do que ela. Por fim, gostei daquele efeito sonoro em que se pode ouvir as palavras do outro lado do salão, mas ainda acho que o recurso poderia ter sido mais bem aproveitado. Além disso, essa foi a primeira vez em que tive alguma simpatia pela personagem da Jennifer Morrison, ao invés de irritante e chata como sempre. Ela ganhou pontos ao enganar o Ted e os dois agora parecem combinar pelo menos um pouquinho.

.

.

Brothers & Sisters – 5.07: Resolved

Meio chatinho esse episódio, né? Juro que não tive paciência para o mimimi entre Sarah e Kitty. As duas já quarentonas tendo briguinhas por algo que Nora disse há mais de 20 anos? Elas não sabem que já são boas profissionais, que fizeram sucesso em suas profissões e seguiram suas vocações? Isso tudo só pode ser insegurança por estarem desempregadas no momento. Até o conflito de Scotty e Kevin foi um pouco chato. As primeiras cenas pareciam meras repetições do que aconteceu semana passada. Só quando os dois finalmente conversam por uma armação da Paige, é que a coisa mudou. Aquela era mesmo a hora de dizer tudo. Para dar certo, é preciso que a reconciliação seja verdadeira, e ficar engasgado com aquilo que se quer dizer, só traria problemas pro futuro. O melhor ficou com Holly e Justin. Não sei por quê, mas desde o início dessa temporada tenho achado as cenas da Holly emocionantes e comoventes. E isso se repetiu aqui. Ela já começa a se lembrar das coisas e espero que isso seja um impulso para que o David pare de usar drogas. Imagino como esteja sendo difícil para ele passar por isso tudo praticamente sozinho, ainda mais com a Rebecca abandonando os dois. Ele ainda tem o Justin pra ajudar, e a enfermeira está certa em querer evitá-lo, pois é claro que aquela presença na vida de Holly é uma forma que ele encontrou de se sentir conectado com Rebecca e isso ainda é uma competição difícil para ela.

.

.

The Event – 1.07: I Know Who You Are

Mais um episódio apenas regular de The Event, mas até satisfatório. Um dos problemas aqui é o roteiro com furos e situações forçadas. Um exemplo foi a forma como jogaram a culpa no outro cara e livraram o Simon. Primeiro, o próprio ET entra no prédio e troca as amostras de uma investigação federal e sigilosa com a maior facilidade do mundo. E ainda colocaram aquela ceninha em que ele conversa com o Blake pra ver se injetava alguma tensão. Segundo foi o implante da digital no isótopo, tudo forçado demais. E previsível também, porque quando aquele cara saiu do carro gritando que Simon era o traidor, ficou óbvio que ele levaria a culpa de tudo. De resto até que foi legal, gosto daquele casal de protagonistas e juro que não entendi como o amigo da mulher loira simplesmente resolve explodir a própria casa, e tem tudo preparado para isso. E como eles simplesmente sumiram, também é um mistério a ser desvendado. Dessa vez o flashback não funcionou para eu me importar com ele, como ocorreu com o do Simon. E mulher espiã russa é uma mega cópia de Alias, viu!

2 Comentários leave one →
  1. Carol permalink
    12/11/2010 9:10

    Eu gostei do HIMYM dessa semana! Achei inclusive que foi o melhor da temporada, depois do episódio 4!
    Pode ter sido chata as cenas do Marshal e Lily (mas isso eu sempre achei), mas as outras cenas compensaram.. e muito bem, na minha opinião!
    Gostei do Marshal do passado tb!

    • 12/11/2010 11:53

      Nossa, pra mim não chegou nem perto do 4. Lily e Marshall com certeza são os mais chatos, mas eu gostei mesmo foi do Barney e da Robin correndo que nem crianças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: