Skip to content

Comentários em série

19/10/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Grey’s Anatomy 7.04: Can’t Fight Biology

Esse capítulo pode ter tirado um pouco o foco de Christina, mas foi dela o melhor paciente-metáfora da semana, dizendo que passaria por tudo aquilo novamente, e que não se deve desistir facilmente daquilo que se ama. A melhor coisa que ela poderia ouvir nesse momento. É interessante notar também como as pessoas se apegam às coisas mais improváveis, no caso, meia dúzia de vermes. É uma questão somente de oportunidade. Adorei a relação da Meredith com a paciente que pode ser a futura Dr. Grey, só querendo vir ao Brasil e preocupada com camisinha. Seria interessante se ela fosse portadora do gene e como suas perspectivas seriam afetadas. Mas gostei da resolução encontrada por Derek de relaxar, e esquecer dos médicos, afinal, ela já ficou grávida uma vez. Já a Little Grey ficou morrendo de ciúmes da April, sendo excluída das conversas e dormindo no sótão. Mas Meredith foi bem feliz em lembrá-la que ela também é uma Grey e não uma Mercy Wester qualquer. Pior foi o Avery querendo compensar a falta de competência com a arte da sedução durante a cirurgia, mas a Teddy percebeu a tempo de colocá-lo no devido lugar. Callie e Arizona continuam chatas, ainda mais juntando o Sloan. A mulher diz que não gosta dele e depois de 10 segundos de conversa com o Karev, ela muda de ideia. Fora que já encheu essas traminhas de high school das duas. É triste dizer isso, mas as duas precisam de algum desastre urgentemente para movimentar suas histórias.

.

.

Modern Family 2.04: Strangers on a Treadmill

Mais um capítulo redondinho de Modern Family mostra que não perdeu nem um pouco da diversão que tinha na sua primeira temporada. Todas as tramas paralelas estavam no ponto, principalmente a que envolvia Mitchell e Claire fazendo um pacto. Se ele não teve coragem de cumprir sua parte, ela optou pela forma mais fácil e se surpreendeu ao percebeu que Phil pode ser sim um bom comediante. No fim, os dois perceberam que o amor que sentem pelos seus parceiros é bem maior do que esses pequenos defeitos. Já o Jay, ainda tentando entender a cultura de Gloria, novamente enfia os pés pelas mãos, pagando o maior mico. Se o preconceito fosse menor e se ela cobrasse menos dele, talvez o marido fosse “absorvido” de forma mais natural e menos atropelada.

.

.

Raising Hope – 1.04: Say Cheese

Novamente Raising Hope conta um história bonitinha, mas dess vez senti falta de cenas engraçadas, daquele riso que te faz soluçar, enfim, da comédia. Eu continuo adorando a família, mas rir é fundamental em uma comédia. Se na semana passada isso aconteceu e não foi um problema, dois episódios seguidos foi um pouco demais. O plot com as fotos não foi muito engraçado, aliás, foi até estranho ver a personagem da Martha Plimpton – sempre tão simples e desencanada –  preocupada e surtando por causa daquelas fotografias. Coisa de americano mesmo. O melhor foi Jimmy tentando conquistar a garota e morri de rir com a menção a Friends, de fato, ele parece já ter cometido o mesmo erro do Ross e agora já está na zona da amizade. Espero que o próximo venha com a graça que faltou neste aqui.

2 Comentários leave one →
  1. Carol permalink
    20/10/2010 13:56

    AHHH! Sou a única que quer MUITO a Christina de volta?!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: