Skip to content

Drop Dead Diva 2×12 e 2×13: Bad Girls / Freeze the Day

23/09/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Eu sempre gostei de Drop Dead Diva, via a série de forma descompromissada e na maioria das vezes conseguia me divertir. Mas do meio dessa temporada pra cá, algumas coisas foram me incomodando e acabei não gostando muito de quase nenhum capítulo. O mesmo ocorreu com esses dois episódios que fecharam o segundo ano.

Eu gostei dos casos da semana, gostei dos personagens e dos diálogos, mas não sei, parece que faltou alguma coisa. Para começar,  não entendi o motivo de terem exibido os dois episódios juntos, já que não havia quase nenhuma relação entre os dois tirando o surgimento da Harrison. Ficou estranho pra quem viu os dois exatamente na sequência.

Novamente, a história da protagonista Jane foi a menos interessante. Primeiro ela apareceu chata brigando com Stacy por ter arranjado um encontro, enquanto qualquer pessoa agradeceria eternamente por ter tido aquela chance. Depois, sua cliente vítima de bullying não empolgou, ainda mais com o desfecho estranho em que Jane adivinha a pessoa que repostou a foto. Forçado demais.

Já o segundo caso, sobre a mulher que quer ser congelada, foi mais interessante e o final, particularmente emocionante com a história servindo de metáfora para Jane e Grayson, os dois colocando suas vidas em espera por causa de alguém. Porém, isso foi quebrado com o final previsível. Estava claro que ela não iria conseguir dizer a ele que é Deb, assim como o motivo da ligação que ele fez foi contar que iria se casar com Vanessa. A única coisa que não esperava foi o atropelamento, mas duvido muito que Grayson sofrerá qualquer tipo de sequela.

Kim e Parker foram a coisa mais interessante desse final e talvez de toda a temporada. Adorei ver as mudanças pelas quais os dois passaram e como suas personalidades foram desenvolvidas. Gostei da entrada da personagem da Natascha Richardson, que balançou as estruturas do casal e nos fez torcer ainda mais pelos dois. O resultado é que hoje me importo mais com eles do que com Jane e Grayson, o casal protagonista mais sem química que já vi.

Por fim, quem se acertou foi Stacey e Fred, que apesar de umas cenas bobinhas de ciúme, conseguem agradar sempre, com diálogos ótimos e uma ingenuidade cativante. O mesmo pode ser dito de Teri, que aparece pouco, mas tenho certeza que todo mudo ama.

Espero que ano que bem Drop Dead Diva volte com uma trama mais consistente e dê espaço para todos os personagens mostrarem seu potencial. E traga uma história mais interessante e emocionante para Jane e Grayson, pois do jeito que está, vai ser melhor outra pessoa tomar a corpo da advogada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: