Skip to content

Pretty Little Liars 1×09: The Perfect Storm

08/09/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Novamente, Pretty Little Liars trouxe um capítulo em que pouco aconteceu. Mas não vou me repetir e ficar enumerando os problemas que a série tem, porque, afinal de contas, ela desperta meu interesse, nem que seja para ver de forma descompromissada e ficar só falando mal. E olha que há muito a ser dito.

Quem diria que Emily já era apaixonada pela Alison e ainda foi rejeitada por ela. A garota dava falsas esperanças, flertava e fez até a amiga escrever uma carta de amor. E a gente achando que a Emily tinha ficado perturbada só quando conheceu a Maya. Agora, se inventaram isso  como desculpa para lançar suspeitas do assassinato, falharam totalmente. Emily parece só arrependida e sabemos que não foi ela quem destruiu o memorial.

Qualquer cena com o detetive é completamente absurda e inverossímel. Eu sei que a série não tem obrigação de ser fiel á realidade, mas duvido muito que qualquer detetive no mundo agiria como ele. E as garotas também, como se alguém com culpa no cartório desafiasse um policial daquele jeito. Nem o cala a boca dado pela mãe da Spencer diminuiu o ridículo daquelas cenas.

Falando nela, não sei de onde surgiu aquela história com o namorado da filha, algo completamente inútil e desinteressante, provavelmente só foi incluído porque Spencer não tem mais função nenhuma e esse seu namoro já dá um sono faz tempo. Seria bem melhor que eles tivessem tido um caso e agora a garota teria algum tipo de dilema. Mas enfim…

Hanna, como sempre, é a melhor de todas, rindo da menina que comprou sua bolsa usada e depois calando a boca dela na hora de defender o nerd. Já estava mais do que na hora dela assumir de vez pelo menos a amizade com o garoto. Espero que ele só tenha destruído o memorial por pura raiva mesmo e não tenha mais nada a ver com o mistério do assassinato. Porque o personagem é legal assim: nerd e gente boa.

E Ezra resolveu voltar na hora mais previsível do mundo, já que na hora em que Aria e o menino saíram, ficou óbvio que o professor iria aparecer bem na hora do beijo. Não entendi nada sobre esse sumiço e ele não fez a menor falta, é provável até que  seja o assassino, como estão dizendo. E ainda deixou a Aria livre pra voar, ela finalmente resolveu sair com o garoto e tomou a difícil decisão (not!) de ir jantar com a mãe. Putz, Aria, amadurece aí…

Comentem!

 

 

 

2 Comentários leave one →
  1. 09/09/2010 13:15

    Rapaz! Eu acho que te conheço!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: