Skip to content

Comentários em série

04/07/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Pretty Little Liars – 1.01: Pilot

Fui ver Pretty Little Liars com a menor expectativa possível e parece ter sido a melhor coisa que fiz. Acabei gostando dessa série meio bobinha para adolescentes bem no estilo Gossip Girl. A história traz cinco amigas que se separaram desde que uma delas desapareceu. Um ano depois, elas começam a receber mensagens ameaçadoras da suposta menina sumida, mostrando que escondem vários segredos. Ainda não entendi muito bem porque gostei da série, só sei que fiquei curioso. É tudo muito bem feito, os atores são bons e os casais formados tem química. As quatro meninas principais tem alguma story line própria, mesmo que seja tudo meio óbvio e previsível. As mensagens de celular da “menina que tudo sabe e tudo vê” soou como cópia descarada de Gossip Girl, e quando alguns personagens aparecem, a gente já sabe exatamente o que vai acontecer. Mas eu gostei mesmo assim e fiquei interessado nessa história.

.

.

Drop Dead Diva – 2.04: Home Away From Home

Fiquei triste com o fim do casal Jane e Tony. Como disse no texto anterior, eles tem bem mais química do que o casal Jane e Grayson. Mas como ele era o “grande” amor de Deb e portanto o galã da série, já esperava que isso fosse acontecer. Grayson, por sinal, parece perdido na história, desde o início dessa temporada o personagem ficou sem função. Enquanto isso, Tony e Jane foram novamente o destaque do episódio. Gostei da atenção maior dada a Teri, pena que a atriz falhe na hora das cenas dramáticas. O caso da semana defendido pela Kim foi fraco demais, e aquela “coincidência” com o passado da Deb, além de forçado, reitera a incapacidade dos advogados de conseguirem defender seus clientes sozinhos. No geral, mesmo não tendo sido grande coisa, Drop Dead Diva cumpre o que promete.

.

.

Persons Unknown – 1.04: Exit One

Essa série está cada vez mais ruim, mas estou com pena de largar, e curioso também, devo confessar. A história está indo pelo caminho que todos imaginavam. A mulher loira fica bêbada, sai gritando, tenta pegar o cara que tentou agarrá-la uma semana antes (oi?) e depois vai embora de táxi. Assim como a “saída” da Janet e do Joe, ou alguém achava que eles fossem fugir ou acontecer alguma coisa surpreendente? Além disso, o envolvimento dele na conspiração também foi previsível, como eu disse nos comentários do piloto. Ele tinha escrito “culpa” na testa desde o início. Sem falar que Persons Unknown tem umas coisas meio nada a ver, como o taxista tirando côco do porta-malas do carro, ou então aquelas conversas entre o cara que matou a mulher e o outro querendo chantageá-lo. E sempre que eles tentam aprofundar os personagens, falham totalmente. Ninguém alí é interessante.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: