Skip to content

Comentários em série

29/05/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Glee – 1.20: Theatricality

Glee conseguiu divertir essa semana. Sim, o texto continua péssimo, o elenco, com raras exceções, não convence e a história é pontual demais. Mas o episódio teve aquilo que fez a série ser um sucesso: jogou uma montanha de cultura pop no espectador, com menções a Kiss, Crepúsculo e Lady GaGa. A cantora de maior sucesso da atualidade contou com dois números muito bem feitos: Bad Romance, com uma coregorafia divertida, e Poker Face, com uma versão totalmente diferente da original, mas que funcionou perfeitamente e foi muito bem interpretada. Eu, como fã de Lady GaGa, também me diverti vendo os personagens andando com o figurino bastante peculiar da cantora. A história de Rachel e sua mãe foi fechada de forma estranha, mas confesso que não tinha muito interesse. Porém, Kurt e seu pai surprenderam com a abordagem do preconceito, com cenas de raro teor dramático nessa série em que tudo é quase sempre simplório. Chris Colfer teve seu melhor episódio como Kurt. Quanto a Cory Monteith, intérprete do Finn, ainda me pergunto o que ele faz alí, pois não sabe cantar, dançar e atuar.

.

.

The Good Wife – 1.21: Unplugged

Adoro como essa série nos surpreende. No início fomos levados a pensar que se trata de um simples caso de divórcio. De repente, o homem tem morte cerebral e a discussão passa a ser sobre até onde vai a vida, mas sem nos deixar esquecer de que os interesses são somente financeiros, num discurso muito bom feito pelo próprio juiz. Por fim, o caso vira um homicídio solucionado pela Kalinda. Confesso que acho preguiçoso e falso ela sempre descobrir tudo, mas dessa vez pelo menos tivemos uma forma original, com um simples toque de celular. Como não poderia deixar de ser, essa série continua equilibrando bem o caso da semana com a vida pessoal de Alicia. E se ela teve que utilizar suas influências para continuar na firma, numa constante troca de favores, não há quem possa julgá-la. A cena da demissão do Cary foi ótima, mostrando o lado dele, confiante, e o dela, sentindo culpa. Fiquei com pena porque o personagem é bom. Espero que não tenha saído de vez.

.

.

V – 1.12: Red Sky

Eu sei que essa série prometeu muito mais do que realmente fez, que não houve qualquer tipo de discussão filosófica, política, ou alguma metáfora mais profunda sobre nada. Sei também que é uma obra trash, os efeitos são toscos, o texto é ruim e o elenco é bem irregular. Mas eu gosto. Não sei bem por qual motivo, só sei que eu gosto de acompanhar os aliens bonzinhos, já me apeguei a (quase) todos os personagens, já aprendi a ter medo da Anna, apesar dela ter cara de nada, e adoro a Juliet de Lost. Esse season finale não foi nada memorável, mas pelo menos fechou o ano com certa qualidade. A Quinta Coluna finalmente teve um plano e conseguiu executá-lo, apesar de ter tido ajuda da mudança repentina da filha da Anna. Como assim ela resolve trair sua própria mãe e sua própria espécie por causa do Tyler, que ela conheceu ontem? Gostei muito da cena em que a Erica atira no Joshua, gosto muito dos dois personagens e confesso que me emocionei achando que ele iria morrer. O nascimento do bebê não foi o festival trash que eu pensava, mas senti falta de terem mostrado mais da criança. E quem teve sua única cena digna de nota foi Morena Baccarin, que faz a Anna, na cena em que ela descobre que todos seus ovos foram destruídos. Ao ter “emoções humanas”, foi a única vez em que a atriz realmente atuou, e olha que o elenco dessa série é fraco demais. Percebi que V será meu guilty pleasure na próxima temporada, e fiquei feliz por ter sido renovada no lugar de FlashForward.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: