Skip to content

Comentários em série

17/05/2010

**CONTÉM SPOILERS**


Grey’s Anatomy – 6.22: Shiny Happy People

É tão bom quando percebemos que uma série em decadência pode ter um episódio tão bom quanto quando estava no seu auge. Grey’s essa semana teve um episódio digno da segunda temporada. Tivemos os pacientes servindo de analogia sutil para a vida dos médicos, principalmente a linda cena em que o casal de idosos conta suas histórias e todos eles percebem que podem tirar alguma coisa dalí. Teve também as duas amigas tendo o breakthrough e fazendo com que a Meredith tomasse uma atitude com o Owen, e ele com isso foi ter uma conversa com a Christina (melhor casal de longe). Gostei também que todos tiveram espaço, como a Bailey que andava meio sumida, e até Callie e Arizona, ainda que aparecendo pouco, tiveram suas histórias sendo contadas. No final, ainda teve a Lexie com uma ótima cena formando um triângulo amoroso e apontando que no season finale ela provavelmente terá que escolher um dos dois.

.

.

Brothers & Sisters – 4.23: Lights Out

Gosto quando Brothers & Sisters traz coisas diferentes, como os depoimentos, que, apesar de terem uma razão de ser meio forçada, foram o ponto alto de todo o capítulo. Todos eles pareceram extremamente sinceros e realistas, como se tivessem sido improvisados, mérito da direção e do texto muito bem escrito. Além disso, o destaque maior foi dado a Sarah, que é a melhor sister e a melhor atriz de longe. Gostei da forma como eles fecharam a empresa e o fim musical. Ainda tenho ressalvas para o comportamento do Justin, totalmente incoerente com a história do personagem, e para a saída do Robert, pois ainda não entendo bem o que vem acontecendo. Pode não ter sido nada excepcional, mas foi um episódio bem satisfatório. O próximo é o season finale.

.

.

How I Met Your Mother – 5.22: Robots vs. Wrestlers

Adoro quando How I Met Your Mother, mesmo não sendo tão engraçado, consegue contar histórias que geram alguma identificação com o telespectador. Afinal, quem nunca se sentiu meio por fora no seu próprio grupo de amigos,  ou já temeu que ele se desmanchasse por causa de ciúmes, relacionamentos etc.? E isso foi contado muito bem com o Ted querendo trazer mais intelectualidade ao grupo, e com a Robin se afastando para dar uma chance a sua relação com Don. Marshall e Lily continuam sem graça mas pelo menos contribuíram para história com o temor da gravidez e o Barney divertiu dando escândalo  temendo o fim do grupo. São essas pequenas crônicas da vida real que me fazem ainda assistir a essa série. Porque graça mesmo, nessa temporada é bem raro.

.

.

V – 1.12: Fruition

Acho injusto quando leio por aí que a história dessa série não caminha. Apesar de ser tudo meio devagar, principalmen te nos primeiros capítulos, toda semana temos várias coisas acontecendo. Em Fruition, souberam aproveitar o cliffhanger mostrando o impacto daquilo em todos os personagens, e também dando início a uma nova história com o surgimento do vírus.  Além disso, colocaram Anna e Erica frente a frente, pena que os dialogos sejam fracos. Deixaram para o season finale o nascimento do bebê visitor, uma cena trash da série original quer pode ser vista no YouTube. E ainda descobrimos que o Hobbes é traidor, alguém duvida de que ele vai morrer no próximo? Adorei saber que V foi renovada no lugar de FlashForward, aos poucos essa série foi conquistando apesar de todos os seus problemas.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: