Skip to content

Um pouco de M. Night Shyamalan e seu novo filme

27/04/2010

Juro que eu não queria, mas estou ficando interessado no próximo filme do M. Night Shyamalan. Previsto para julho, o longa chama-se The Last Airbender e vem sendo chamado no Brasil de O Último Mestre do Ar. Baseado em um desenho chamado Avatar (e que obviamente não pode manter o nome), a história é um épico que mistura artes marcias, grandes batalhas e crianças esquisitas com poderes. Semana passada, foi divulgado o ótimo trailer abaixo, que aumentou o interesse pelo filme.

*

Nascido na Índia e criado na Filadélfia, M. Night Shyamalan ganhou fama mundial quando lançou O Sexto Sentido, em 1999. Com um ótimo roteiro escrito por ele e muito bem realizado, o filme foi sucesso absoluto de público e crítica. O diretor foi indicado a dois Oscars e foi chamado até de o novo Steven Spielberg. Em 2000, lançou Corpo Fechado (péssimo nome para Unbreakable), que não repetiu o sucesso do anterior, mas indicava que não havia sido sorte de principiante. Essa homenagem séria aos super-heróis é considerada pela crítica o seu melhor filme até hoje.

Em seguida, continuou escrevendo e fazendo pequenas pontas em seus filmes, tradição herdada de Hitchcock. Foi assim em Sinais, mais um sucesso de público, mas não de crítica. Parece que foi aí que seu “namoro” com a indústria começou a ter problemas. Em 2004, ele lançou A Vila, que dividiu a crítica, mas odiado pelo público, acusado até de propaganda enganosa. De fato, esse ensaio sobre o medo não tinha o apelo comercial de O Sexto Sentido e Sinais, mas continha um roteiro genial de Shyamalan.

A queda livre da carreira do cineasta continuou com A Dama na Água, um filme estranho, com história fraca e cheio de cenas sem propósito. Shyamalan perdeu o encanto que provocou com seus primeiros filmes e justificou dizendo que era uma história para crianças.

Porém, o desastre total veio mesmo com Fim dos Tempos, longa que tinha até uma premissa boa, mas que foi completamente subaproveitada e ficou apenas na promessa. O diretor parecia ter perdido todo o talento para escrever e dirigir filmes, e chegou a incluir uma cena em que Mark Wahlberg conversa com uma samambaia. Shyamalan atingiu o fundo do poço e agora ressurge com esse The Last Airbender. Resta saber se o diretor continuará com sua queda ou surpreenderá lançando um bom filme.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: