Skip to content

Comentários em série

15/04/2010

**SPOILERS À VISTA**


How I Met Your Mother – 5.18: Say Cheese

Eu não sei bem a razão de ainda ver essa série. Deve ser porque tenho muito respeito às três primeiras temporadas, porque eu amo os personagens e o estilo como tudo é contado com os flashbacks e porque quero saber, afinal, quem é a mãe do título. Mas a verdade é que a história anda fraca desde o início da temporada passada e piorou bem na atual. Foi por isso que recebi com certa surpresa esse episódio, que me fez rir como há muito não fazia. Adorei a historinha das fotos, que deu uma rara importância à Lily desde a primeira cena, e trouxe um certo frescor. Novamente as piadinhas do Barney foram o pior do episódio, o que é uma pena porque o personagem era o máximo e depois ficou insuportável. A verdade é que a história deveria estar caminhando para um desfecho, pois o desgaste já está mais do que evidente. Como o fim parece longe (a série foi renovada por mais duas temporadas) só no resta torcer por episódios bons, mesmo que How I Met Your Mother tenha perdido o brilhantismo que tinha antes.

.

.

24 Horas – 8.17: Day 8 8:00 am – 9:00 am

Como era de se esperar, o episódio começou bem mais devagar que o último, quando a temporada atingiu seu ápice. Foi a maior embromação com a presidente tentando continuar com o tratado, uma história com a qual ninguém se importa e aqueles russos com sotaques constrangedores. Gostei de ver Chloe virando diretora finalmente, ainda mais que  o Hastings era péssimo e o ator idem. O episódio só acordou nos cinco minutos finais, quando Jack finalmente apareceu e Renee tomou o tiro. Confesso que não esperava mesmo por um morte assim em dois capítulos seguidos. Fiquei com pena da agente Walker e adorei a cara que Jack fez não acreditando que mais uma parceira sua estava morta. Apesar de ter dado essa guinada, mais uma vez mostro preocupação com o rumo que tudo vai tomar, pois não foram estabelecidas novas bases para uma trama nesse restinho de temporada.

*

.

Damages – 3.12: You Were His Little Monkey

Damages teve mais um episódio tenso, porém pouco revelador. A impressão que se tem é de que apenas se armaram as peças para o final, mas tudo novamente foi muito bem feito. Nada é o que parece e isso é uma das maiores qualidades dessa série. Adorei a armadilha orquestrada por Tom e fiquei com pena que isso irá causar sua morte. Martin Short continua surpreendendo, como na cena do embate com Joe Tobin. A volta de Frobisher mostrou sua pequena função com o caso do assassinato do namorado de Ellen lá na primeira temporada. Infelizmente isso demonstra que tudo caminha para um series finale. E esse fim promete.

Comentem!


No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: