Skip to content

Comentários em série: Lost e Damages

09/04/2010

**COM SPOILERS**


Lost – 6.11: Happily Ever After

Episódios centrados em Desmond, um dos caras mais cool e importantes da série, geralmente são muito bons e esse confirmou a tendência. Marcado pelas viagens espaço-tempo características do personagem, trouxe o flash-sideway mais revelador até agora. Não teve como não se emocionar com Charlie e Desmond juntos revivendo uma cena debaixo d’água e ouvir as famosas frases “Not Penny’s boat” e “There’s always a choice, brotha.” Soou piegas o fato de o amor ter transcendido as duas realidades. Aliás, todo o blábláblá do Charlie  e do Daniel foi meio podre e o Sayid com aquela cara de nada é constrangedor. Mas eu amo o Desmond e a Penny juntos (o que ela foi fazer em Flash Forward mesmo?). Achei também que faltou uma menção à Iniciativa Dharma, que era uma das coisas boas da série da série antes de inventarem o Jacob e cia.

O episódio deixou um cliffhanger incrível e uma ansiedade enorme para assistir ao próximo, como há muito eu não sentia. Fiquei muito curioso para saber como o brotha vai abordar os outros passageiros do voo 815. Ainda não consegui entender bem o que isso tudo tem a ver com Jacob, Locke, rolha do inferno etc., se alguém quiser dar uma luz, eu agradeço. As comparações que tenho lido com Matrix fazem muito sentido, será que Desmond vai oferecer a pílula e fazê-los acordar dessa realidade paralela? Tenho medo de ter muita expectativa, como ocorreu depois de Ab Aeterno, e o próximo episódio da Kate ser ruim. Lost deixou de ser uma série regular há muito tempo. Como eu sempre falo, não quero respostas para tudo, acho que seria impossível faltando tão pouco para acabar, mas quero episódios bons e surpreendentes como esse.

.

.

Damages – 3.11: All That Crap About Your Family

É uma pena, mas eu sinto que Damages já foi mais genial. Não que a série esteja ruim, longe disso, mas nas outras temporadas, cada episódio para mim era quase uma experiência. Nenhuma cena era desperdiçada, tudo o que acontecia tinha uma função. Agora não mais. Ainda não entendi para que servem as cenas do Frobisher; e os problemas familiares de Patty e Ellen parecem ter ganho destaque demais, soou como enrolação. Além disso, assim como na temporada passada, os roteiristas deixaram muita informação pro season finale. Mas gosto do fato de a série não ter perdido aquela sensação de imprevisibilidade que sempre teve. Se antes eu simpatizava com os Tobin, agora quero que eles morram com requintes de crueldade, prova de que os roteiristas sabem mesmo surpreender. Damages continua sendo uma das melhores no ar e espero muito que não seja cancelada.

Comentem!

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: